Abrigar-se

Deixe-o ali, protegido, guardado, intacto!
Não o tire de sua paz se for para machucá-lo.
Ele é frágil, e não te fez mal algum, do contrário...
Te quer bem e feliz!
Parta! E o deixe como encontrou,
Sem dor, medo, ilusão.
Ele pode estar sozinho
Mas, por vontade própria.
Como um escudo voluntário para não amar,
Não sair de seu refúgio e permitir,
Que entre aquele que o fará sangrar
Sem merecer seu sangue.

Um comentário

  1. "...And if you save yourself
    You will make him happy..."

    ResponderExcluir